Partido Comunista da China Chega aos 100 Anos com Domínio Socioeconômico

NOTÍCIA – Fundado em 1921, o Partido Comunista da China (PCCh) comemorou, no dia 1º de julho de 2021, seu centenário e, mesmo depois desse tempo, ainda "desfruta do apoio sincero da maioria mais ampla possível do povo", conforme conclui a mais recente pesquisa do think tank chinês New China Research. Outra pesquisa, formulada pelo Ash Center da Universidade de Harvard, já confirmava que mais de 93% da população de 1,4 bilhão de habitantes estava satisfeita com o governo central. Uma das grandes conquistas do PCCh foi a eliminação da pobreza extrema, com a retirada de mais de 800 milhões de pessoas dessa situação em pouco mais de 40 anos. Fonte: Poder360.

 

COMENTÁRIO – Em verdade, as decisões do Partido pavimentaram a ascensão da China ao posto de segunda maior economia do mundo, fato que deveria inspirar o Brasil, inclusive, a ser mais pragmático em suas relações com o país asiático, independentemente de ideologias, conforme afirma o professor Evandro Menezes de Carvalho, professor da FGV Direito Rio e coordenador de seu Núcleo de Estudos Brasil-China. Segundo ele, a demanda urgente do Brasil é a formulação de uma agenda de ação e de uma política de Estado, mas, para isso, "o Brasil deveria se despir dos preconceitos políticos e ideológicos e construir uma relação pragmática com a China – algo que o Partido Comunista já faz há muito tempo. Temos um baixo nível comercial, considerando os índices chineses. Por isso, é essencial compreender o que vem pela frente e como as mudanças na governança chinesa poderão repercutir por aqui". Fonte: Idem.