Mídia Chinesa é a Única a Elogiar Economia do Brasil no 2º Trimestre

NOTÍCIA – No segundo trimestre de 2022, só a mídia chinesa teve uma abordagem positiva em relação ao Brasil, com uma cobertura 61% mais favorável ao país. O resultado foi impulsionado pela concretização de acordos entre Brasil, China e Rússia, bem como pela realização da cúpula dos BRICS, em junho. Os dados provêm de um levantamento realizado pelo Radar +55, hub de inovação da agência Máquina CW. Foram analisadas 310 notícias dos principais veículos de mídia de oito países: Alemanha, Argentina, Chile, China, Estados Unidos, França, Inglaterra e México. Fonte: Poder360.

 

COMENTÁRIO – A reputação da economia brasileira na mídia internacional piorou no segundo trimestre. Em relação aos três primeiros meses do ano, o índice de reputação do país caiu 33 pontos, para -297. Em 62% dos textos analisados, o cenário no país tende a piorar. A maior parte das notícias (60%) faz críticas à condução da política econômica, e, dos 20 temas presentes nos textos analisados, a inflação foi o assunto mais negativo, tendo em vista a redução do poder de compra dos brasileiros e o aumento da pobreza. Outro tema ruim foi meio ambiente, especialmente pelos assassinatos de Bruno Pereira e Dom Philips. Fonte: Idem.